Piadas de religião

Uma freira na hora da morte, pediu para escreverem no seu túmulo:
“Nasci virgem
Vivi virgem
Morri virgem”
O coveiro achou que eram muitas palavras e escreveu:
“Devolvida sem uso”


Duas crianças estavam no terceiro andar de um prédio, quando uma delas falou:
– Mais que porra é essa?
E outro, crente, respondeu dizendo:
– Não fale isso, que esta palavra é do carinha lá de baixo!!!
Então o amigo perguntou:
– Quem, o zelador?


Um padre conta a um rabino, seu amigo:
– Descobri um truque para comer grátis.
– Ótimo! Como é?
– Vou a um restaurante bastante tarde, peço uma entrada, o prato principal, queijos, sobremesa e fico um tempão tomando um café, um conhaque e um bom cigarro e espero que fechem. Como não saio do lugar enquanto erguem as mesas, e colocam as cadeiras em cima para varrer, vem o garçom e me pergunta se posso pagar porque ja está na hora de irem embora. Então eu respondo: Mas eu já paguei ao seu colega que foi embora antes. É assim, simples.
O rabino pergunta se podem ir jantar juntos no dia seguinte.
– Mas é claro, diz o padre.
A noite seguinte os dois amigos vão a um restaurante: entrada, prato principal, queijos, sobremesa, etc. Quando chega a hora de fechar, o garçom se aproxima e pergunta se pode trazer a conta.
O padre diz:
– Sinto muito, mas já pagamos a um colega seu que já foi embora.
O rabino diz:
– Estamos só esperando o troco.


Um padre encontra seu amigo pastor e diz:
– Acho que um de seus fiéis roubou a minha bicicleta…
O pastor custa a acreditar, mas por via das dúvidas, combina com o padre que ambos, no sermão de domingo, recordariam os 10 mandamentos. Quando chegassem ao sétimo – “Não roubarás” -, o ladrão se arrependeria e devolveria a bicicleta.
Na segunda-feira, se encontram de novo, sendo que o padre já está com a sua bicicleta.
– E aí, deu certo o esquema? – pergunta o outro.
– Claro que sim! Quanto cheguei no “Não desejar a mulher do próximo”, lembrei onde tinha deixado a bicicleta…


Depois de construir a arca e já no terceiro dia após o diluvio, Noé percebeu que tinha esquecido de fazer um banheiro em sua arca.
Como a cada dia que se passava, o cheiro ficava cada vez mais insuportável, Noé fez uma prece e prometeu que, se Deus levasse toda aquela bosta embora, depois que acabasse o diluvio, ele iria encontrá-la e limparia tudo.
Deus atendeu o seu pedido e, quando o dilúvio acabou, Noé passava todos os dias procurando pela montanha de bosta. Nunca a encontrou.
Cabral a descobriu em 1500!


Descobriram que Eva era loira.
É que ela, numa bela tarde no paraíso, chegou por trás de Adão, tapou-lhe os olhos e perguntou:
– Adivinha quem é?


Morrem uma morena, uma ruiva e uma loira.
Para entrar no Paraíso, São Pedro exige que cada uma diga uma verdade.
A morena começa:
– Eu penso que fui a mulher mais mais linda!
São Pedro nem pestaneja, e a manda para o inferno. É a vez da ruiva:
– Eu penso que fui a mulher mais inteligente!
São Pedro não tem nenhuma dúvida, e a manda para o inferno também.
Então vem a loira:
– Eu penso…
São Pedro a despacha para o inferno.


Como diriam alguns líderes religiosos: “Templo é dinheiro”.


Joãozinho voltou da aula de catecismo e perguntou ao pai:
– Pai, porque quando Jesus ressuscitou, apareceu primeiro para as mulheres e não para os homens?
– Sei não, meu filho! Vai ver que é porque ele queria que a notícia se espalhasse mais depressa!


Um padre está em missão em pleno pantanal mato-grossense, quando surge uma baita onça faminta. A fera lambe os lábios e se prepara pra dar o bote.
O padre se ajoelha e diz:
– Ó Senhor, incute nesta fera sentimentos cristãos!
E a onça:
– Senhor, abençoai este alimento que vou receber agora!!!


Na aula de religião a freira pergunta aos meninos e meninas da turma:
– Qual é a parte do corpo que chega primeiro ao céu?
Uma menininha levanta o braço e diz:
– As mãos, irmã.
– E porquê?
– Porque quando rezamos, elevamos as mãos ao céu.
Nisto, Joãozinho pede licença à professora e contesta:
– Não são as mãos, não! São os pés!
– Os pés, Joãozinho? E porquê? – pergunta a freira.
– Bem, esta noite, fui ao quarto dos meus pais. A minha mãe estava com ambas as pernas levantadas, os pés no ar, e gritava: “Meu Deus, meu Deus, estou indo… estou indo”… Ainda bem que o meu pai estava em cima dela, segurando, porque senão ela ia mesmo!!!


O condenado esperava a hora da execução, quando chegou o padre:
– Meu filho, vim trazer a palavra de Deus para você.
– Perda de tempo, seu padre. Daqui a pouco vou falar com Ele pessoalmente. Algum recado?


Dizem que Deus ajuda quem cedo madruga.
Quem cedo madruga, não dorme de noite.
Quem não dorme a noite, vai pra balada.
Então Deus ajuda quem vai pra balada!


Ritual de batismo. O pastor afunda a cabeça do fiel dentro de um tonel cheio d’água e pergunta:
– Você viu Jesus?
– Sim! – responde o fiel.
– Aleluia, irmãos! – gritam todos.
Chega o próximo.
– Você viu Jesus?
– Sim!
– Aleluia, irmãos!
O próximo da fila é um sujeito caindo de bêbado.
O pastor afunda a cabeça dele dentro do tonel e pergunta:
– Você viu Jesus?
– Não, senhor!
O pastor afunda novamente a cabeça dele.
– Você viu Jesus?
– Não, senhor!
Irritado, o pastor repete o ritual.
– Você viu Jesus?
E o bêbado:
– Tem certeza que ele caiu aí dentro?

Anúncios

1 Comentário Add your own

  • 1. Larissa Ferreira  |  13/09/2012 às 11:03 AM

    lgl.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


%d bloggers like this: